Marlene é fundadora da Adevirp

Professora cega de Ribeirão Preto é pioneira em educação inclusiva

Marlene é fundadora da Adevirp
Marlene Taveira Cintra, 60 anos, é a primeira professora cega da rede estadual de Ribeirão Preto, São Paulo, e pioneira em incluir atividades de inclusão ao ensino regular. Há 20 anos, fundou a Adevirp (Associação dos Deficientes Visuais de Ribeirão Preto e Região), referência no atendimento e educação de cegos no interior do estado.

Marlene em sala de aula

“A missão da Adevirp se mistura com meu próprio lema de vida: a educação como ferramenta de inclusão e desenvolvimento pessoal”, afirma Marlene, que é formada em psicologia, pedagogia e psicopedagogia, com especialização em deficiência visual.

Marlene em sala de aula

A entidade atende cerca de 200 pessoas de todas as idades e oferece aulas gratuitas de braile, mobilidade, estimulação visual, informática, canto, teclado, flauta, violão, atletismo e natação, além de terapia ocupacional. A escola conta com uma biblioteca com três mil e quinhentos títulos, entre livros comuns, em braile, em áudio e periódicos educativos. Parte dos recursos vem do projeto Criança Esperança, da Rede Globo.

Educação como missão de vida

Reconhecida pelo trabalho que desenvolve, cujo alcance ultrapassa as fronteiras do estado e chega ao Sul de Minas Gerais, Marlene diz que encara seu papel na área de educação como uma vocação e missão de vida. Antes de fundar a Adevirp, montou, com o apoio da Prefeitura, o primeiro centro de atendimento do Vale do Paraíba para crianças e jovens cegos ou com algum tipo de deficiência visual.

Marlene é pioneira na educação inclusiva

“Vivo para ensinar que não somos um olho ou uma perna e que podemos ser felizes independentemente da condição física. A pessoa que não enxerga não precisa de dó, apenas de oportunidade. É isso que a gente busca: dar oportunidade para que crianças cegas possam confiar em si mesmas e conquistar tudo o que desejam.”

Marlene na Adevirp

Fonte: G1

Comente aqui

Your email address will not be published.